preloader

Notícias



Papa: em novembro, rezar pelo diálogo e a reconciliação no Oriente Médio


No mês de novembro, o Papa Francisco pede orações para que nasça um espírito de diálogo, encontro e reconciliação entre as comunidades religiosas do Oriente Médio.

O diálogo e a reconciliação no Oriente Médio estão na intenção de oração do Papa Francisco para este mês de novembro.

Na iniciativa "O Vídeo do Papa" do mês, Francisco ressalta a convivência entre as comunidades no Oriente Médio, pedindo a todos os católicos que rezem por um diálogo genuíno entre elas. O Santo Padre recorda que a busca de unidade entre cristãos, judeus e muçulmanos “é baseada em laços espirituais e históricos".

Paz, reconciliação, perdão
O Pontífice enfatiza que existem muitas comunidades cristãs, judaicas e muçulmanas "trabalhando pela paz, a reconciliação e o perdão". Tendo em conta tal realidade, ele pede que a busca de diálogo e unidade dentro de cada uma dessas comunidades seja realizada sem temer as diferenças.

“Rezemos para que, no Oriente Médio, nasça um espírito de diálogo, de encontro e de reconciliação.”
Na região, os muçulmanos representam pouco mais de 93% da população. A comunidade cristã, por outro lado, constitui aproximadamente 5%; e a judaica, que está concentrada principalmente em Israel, é de quase 2%.

Durante sua visita a Bari em julho de 2018, o Papa Francisco também mencionou a importância da reconciliação quando se dirigiu aos cristãos do Oriente Médio com as seguintes palavras: “A paz não virá graças às tréguas sustentadas por muros e testes de força, mas pela vontade real de ouvir e dialogar”.

Rezar e estudar
O Pe. Frédéric Fornos, SJ, Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, reforça a mensagem do Santo Padre: “O Papa Francisco nos convida este mês a abrir nossos corações e orações ao Oriente Médio. Esta é a terra onde nasceram as três grandes religiões monoteístas: judaísmo, cristianismo e islamismo. É a terra de Abraão, Isaque e Jacó, a terra dos profetas, e onde Jesus Cristo nasceu de Maria. A Igreja nasceu lá. Desde a época de Jesus até hoje, os cristãos sempre estiveram presentes nessas terras”.

Para o jesuíta, este mês é a ocasião para nos interessar pela diversidade das tradições religiosas e culturais do Oriente Médio. “Demonstrar interesse pelos homens e mulheres desta terra nos ajudará a rezar por eles.”

A sugestão do Padre Fornos é estudar o “Documento sobre a fraternidade humana, pela paz mundial e pela vida comum”, assinado pelo Santo Padre e pelo Grande Imã de Al-Azhar, assinada durante a viagem do Papa aos Emirados Árabes Unidos em fevereiro deste ano.

Assuntos

Galeria de Fotos

Paróquia Senhor Bom Jesus do Matozinhos Paróquia Senhor Bom Jesus do Matozinhos

Dízimo, expressão de Fé em Deus e compromisso com a Igreja.